Alargamento da 1.ª fase dos Prémios APOM – 20 de fevereiro

Alargamento do prazo da 1.ª fase dos Prémios APOM para 20 de fevereiro. Mantém-se, no entanto, o prazo da 2.ª fase.
Por isso é importante ter em atenção os elementos pedidos no âmbito da candidatura.
A cerimónia de entrega dos Prémios APOM 2019 será acolhida pelo Município de Leira, em Maio.
É com muito orgulho que partilhamos convosco que esta iniciativa recebeu o Alto-Patrocínio de Sua Excelência, o Presidente da República.

ICAMT LISBOA 2018 ARQUITECTURA E MUSEOLOGIA

O Workshop do ICAMT Lisboa 2018 relaciona a Arquitetura com a Museologia olhando especificamente para as técnicas museográficas, os museus comunitários e a energia e sustentabilidade. Destina-se a estudantes e profissionais de arquitetura, engenharia, museologia, artes plásticas, curadoria, design e áreas afins.
Analisará questões metodológicas, conceptuais e técnicas referentes ao papel da arquitetura na implementação de projetos museológicos, incidindo nas técnicas museográficas contemporâneas, no papel dos museus comunitários na sociedade do século XXI e na necessidade do recurso às energias renováveis contribuindo para a sustentabilidade dos museus.
O Workshop visa trazer à discussão estes três eixos temáticos contribuindo para enriquecer e consolidar as boas práticas museais, a valorização profissional e a relação entre os museus e a sociedade
1. Técnicas museográficas – papel da arquitetura:
– Em tempos de crise financeira e baixos orçamentos nos museus, de que forma a arquitetura pode produzir soluções museográficas simultaneamente de baixo custo e eficazes na comunicação;
– Utilização inteligente das tecnologias da informação nas técnicas museográficas.
2. Papel dos museus comunitários no seculo XXI:
– Os Museus comunitários na sociedade digital do século XXI;
– Os museus comunitários e a atual sociedade de migrações massivas;
– A responsabilidade, inovação e criatividade da arquitetura nos pequenos museus;
3. Energias renováveis e sustentabilidade dos museus:
-Face às energias renováveis disponíveis, quais as melhores soluções para a sustentabilidade nas suas diversas vertentes, aplicadas aos museus;
– Inclusão da domótica nos museus.

PRÉMIOS APOM 2017 – DISTINÇÕES

PRÉMIOS APOM 2017

Distinguidos

Personalidade na Área da Museologia

Américo Silva

Isabel Pereira

José Brandão

 

Trabalho Jornalístico / Media

João Ricardo Pateiro- jornalista TSF (PRÉMIO)

Museu Bordalo Pinheiro: um centenário irreverente (PRÉMIO)

NewsMuseum (PRÉMIO)

 

Mecenato

Fundação Aga Khan (PRÉMIO)

Jornal Público (PRÉMIO)

RTP (PRÉMIO)

 

Colecionador

José Cangueiro Museu da Música Mecânica – (MENÇÃO HONROSA)

Norlinda Lima e José Lima Núcleo de Arte da Oliva Creative Factory –

(MENÇÃO HONROSA)

Richard Treger e António Saint Silvestre (Núcleo de Arte da Oliva Creative Factory) (PRÉMIO)

 

Incorporação

Museu da Fundação Cupertino de Miranda – Conjunto de 141 obras de Sérgio Lima (MENÇÃO HONROSA)

Museu da Guarda – Incorporações do Museu da Guarda 2016 (MENÇÃO HONROSA)

Museu do Calçado – Doação LUSOLINDO (PRÉMIO)

Museu Nacional de Arte Antiga-Domingos Sequeira (PRÉMIO)

 

Merchandising Cultural

Museu Vista Alegre (PRÉMIO)

Parques Sintra (PRÉMIO)

 

Informação Turística

Associação dos Cafés com História / Rota dos Cafés com História de Portugal (MENÇÃO HONROSA)

Museu Municipal Sever do Vouga (PRÉMIO)

Rede de Monumentos de Vale do Varosa / Museu de Lamego – Projeto Vale do Varosa (PRÉMIO)

 

Melhor Website

Museu do Dinheiro (MENÇÃO HONROSA)

Portal dos Museus da Madeira (MENÇÃO HONROSA)

Museu da Música Mecânica (PRÉMIO)

 

 

Comunicação Online

ICOM Portugal | Pagina Facebook (PRÉMIO)

Museu de Lamego online (PRÉMIO)

 

Aplicação de Gestão e Multimédia

 

Museu dos Chocolates Avianense (MENÇÃO HONROSA)

Núcleo Museológico Rota da Escravatura/Museu Municipal Dr. José Formosinho (MENÇÃO HONROSA)

Museu do Calçado (PRÉMIO)

Museu Marítimo de Sesimbra (integra estrutura polinucleada do Museu Municipal de Sesimbra) (PRÉMIO)

NewsMuseum (PRÉMIO)

 

Instituição

Câmara Municipal de Moura

Circulo José Figueiredo – Amigos do Museu Nacional Soares dos Reis

CTT

 

 

Investigação

Museu de Arte Sacra Covilhã – 600º Aniversário do 1º Senhorio da Covilhã (MENÇÃO HONROSA)

Museu da Fundação Cupertino de Miranda – Cadernos 15 – Mário Cesariny – entre nós e as palavras (MENÇÃO HONROSA)

Carla Varela Fernandes * (PRÉMIO)

NewsMuseum (PRÉMIO)

 

Transporte de Património

Museu Nacional de Arqueologia – Lusitania Romana (PRÉMIO

 

Projeto Internacional

Museu Nacional de Arqueologia – Lusitania Romana (MENÇÃO HONROSA)

Museu da Guarda – I Simpósio Internacional de Arte Contemporânea Guarda (PRÉMIO)

 

Cooperação Internacional

Embaixada do Japão

 

Parceria

Ecomuseu da Ribeira da Pena – Centro de Interpretação-Museu do Linho – Linho de Cerva e Limões: Tecendo o Futuro (MENÇÃO HONROSA)

CP – Comboios de Portugal – “Comemorações dos 160 anos do comboio em Portugal” (MENÇÃO HONROSA)

Pelouro da Cultura da Câmara Municipal do Porto – UM OBJETO E SEUS DISCURSOS POR SEMANA (PRÉMIO)

 

 

Coleção Visitável

Museu de Arte Sacra de Trevões* (MENÇÃO HONROSA)

Museu da Música Mecânica* (PRÉMIO)

Núcleo de História Militar Manuel Coelho Baptista de Lima – Museu de Angra do Heroísmo* (PRÉMIO)

 

 

Inovação e Criatividade

Casa da Inquisição – Centro Interativo da história judaica de Monsaraz (MENÇÃO HONROSA)

Museu Nacional de Arqueologia – Audioguias em latim * (MENÇÃO HONROSA)

Museu do Calçado (PRÉMIO)

 

 

Estudo sobre Museologia

André Remígio (PRÉMIO)

 

 

 

Trabalho na Área da Museologia

Núcleo Museológico Rota da Escravatura/Museu Municipal Dr. José Formosinho (MENÇÃO HONROSA)

Museu Nacional Ferroviário* (PRÉMIO)

 

Trabalho de Museografia

Aquário Vasco da Gama – O príncipe que sonhava com o fundo do mar: uma nova museografia para o Aquário Vasco da Gama (MENÇÃO HONROSA)

Centro Interpretativo do Mosteiro de São João de Tarouca (MENÇÃO HONROSA)

Museu de Marinha – Projeto de Requalificação Museográfica da Sala dos Descobrimentos do Museu de Marinha (MENÇÃO HONROSA)

Museu da Vista Alegre (PRÉMIO)

 

Serviço de Extensão Cultural

Direcção da Cultura da SCML (MENÇÃO HONROSA)

Museu Marítimo de Sesimbra (integra estrutura polinucleada do Museu Municipal de Sesimbra) (PRÉMIO)

Museu São João de Deus (PRÉMIO)

Museu Marítimo de Sesimbra (integra estrutura polinucleada do Museu Municipal de Sesimbra) (PRÉMIO)

 

 

Exposição Temporária

Casa Museu Marta Ortigão Sampaio (CMP) | Museu da Quinta de Santiago (CMM) – Aurélia, mulher artista (1866-1922) (MENÇÃO HONROSA)

Museu do Neo-Realismo – Exposição “Os Ciclos do Arroz” (MENÇÃO HONROSA)

Biblioteca Pública do Porto – 100 tesouros da Biblioteca Pública (PRÉMIO)

 

Catálogo

Arquivo Municipal de Lisboa – Fotográfico (MENÇÃO HONROSA)

Casa Museu Marta Ortigão Sampaio (CMP) | Museu da Quinta de Santiago (CMM) (PRÉMIO)

Museu Nacional de Arqueologia – Lusitania Romana (PRÉMIO)

 

Intervenção em Conservação e Restauro

 

CP – Comboios de Portugal – “Restauro, para funcionamento, da locomotiva histórica a vapor ‘CP 0186’” (PRÉMIO)

Museu Municipal de Santiago do Cacém – Pintura Mural a Fresco em Alvalade do Sado, sua Conservação e Restauro (PRÉMIO)

Rede de Monumentos Vale do Varosa / Museu de Lamego – Projeto Vale do Varosa (PRÉMIO)

 

Melhor Museu do Ano

Museu do Calçado (MENÇÃO HONROSA)

Museu Marítimo de Sesimbra (integra estrutura polinucleada do Museu Municipal de Sesimbra) (MENÇÃO HONROSA)

Museu de Vista Alegre (MENÇÃO HONROSA)

Museu do Dinheiro (PRÉMIO)

9 de Junho – Prémios APOM no Museu Nacional Soares dos Reis, Porto

Caros Colegas,

No dia 9 de junho teremos uma celebração da Museologia Portuguesa no Museu Nacional Soares dos Reis, Porto.
A Cerimónia terá início às 14.30 e a vossa presença é fundamental. É um momento único, em que celebramos como Profissionais e Museólogos, o melhor que se faz nos Museus Portugueses.
Nessa manhã, o Museu e Igreja da Misericórdia do Porto (MMIPO) irá organizar uma visita especial para os colegas, às 10.30 horas. Como há limite de lugares, podem fazer a inscrição (por participante) aqui. O ponto de encontro é à porta do MMIPO, na Rua das Flores. A vossa presença será muito apreciada pela equipa do MMIPO, porque a partilha entre colegas é preciosa!
Um Prémio implica uma escolha e a exclusão de candidaturas. No entanto, sublinhamos a dificuldade do trabalho do Júri perante a qualidade das propostas e a oportunidade que esta Cerimónia representa para celebrar o trabalho sério e abnegado dos Profissionais de Museus Portugueses. A edição deste ano acolheu cerca de 130 candidaturas a nível nacional, incluindo o Continente e as Ilhas.
Podem consultar mais informação sobre os candidatos na página de facebook da APOM.
O Museu Nacional Soares dos Reis será o anfitrião da edição deste ano. Aproveitamos para agradecer o apoio incondicional da equipa do Museu, na pessoa da sua Directora, Dra. Maria João Vasconcelos.
Contamos com a Vossa Presença!
Saudações Museológicas,
João Neto
Pedro Inácio
(Em representação do Júri e da Direcção da APOM)
LOCAL DA CERIMÓNIA
Agradecemos a divulgação!

Ciclo de Conferências História e Culturas da Água

 

“A Arquitetura da Água”

Pretende-se dar a conhecer exemplos que evidenciam o valor da água como factor indispensável à subsistência humana e/ou que utilizam a sua natureza como elemento intrínseco e que potencia a qualidade e beleza do objeto arquitetónico.

O Roca Lisboa Gallery convida-o para a primeira conferência do Ciclo História e culturas da água, organizado pela Roca e pela APOM – Associação Portuguesa de Museologia.

A conferência conta com a participação da Arquiteta Alexandra Barradas, que desenvolverá o tema “A Arquitetura da Água”.

A Arquiteta Alexandra Barradas é licenciada em arquitetura pela FA-UTL e Mestre em História da Arte pela FCSH-UNL. Exerce funções docentes na escola artística António Arroio onde leciona as disciplinas de Projeto e Tecnologias (área de Projeto e design), do curso de Design de Produto e História da Cultura e das Artes.

Inscreva-se aqui.

21 Março – 18h00

Roca Lisboa Gallery

Praça dos Restauradores n.46 1250-188 Lisboa

Património e Identidade Cultural – 22 de fevereiro, Vila de Rei

Encontros Documentais – Museus para partilharem/divulgarem pelos vossos contactos e amigos.

Mais informação disponível no  blog: http://encontrosdocumentais.blogs.sapo.pt/

no site do Município: http://www.cm-viladerei.pt

no facebook: https://www.facebook.com/municipiodeviladerei

https://www.facebook.com/encontros.documentais?fref=ts

 

encontros_documentais_museus.JPG

SIMPÓSIO MUSEUS, INVESTIGAÇÃO & EDUCAÇÃO | 6-8 ABRIL 2017

Mais informação aqui.

APRESENTAÇÃO e OBJECTIVOS

Em uma iniciativa conjunta, o Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal (MAEDS) / Associação de Municípios da Região de Setúbal (AMRS), o Fórum Intermuseus do Distrito de Setúbal (FIDS), os Museus Municipais de Almada (Câmara Municipal de Almada), o ICOM-Portugal e a Associação Portuguesa de Museologia (APOM) decidiram levar a efeito um simpósio de reflexão sobre o papel dos Museus na sociedade contemporânea, com particular enfoque nas funções Investigação e Educação, perspectivada às escalas local, regional e global.

A vitalidade da entidade museológica e a sua capacidade de resistir ao desgaste rápido das materialidades imposto pela sociedade de consumo reside em primeiro lugar na investigação, via para a criação do novo, para a consolidação do conhecimento e conservação da Memória colectiva.

O importante papel desempenhado pelos museus na educação formal, não-formal e informal, através da integração de múltiplas valências, transformaram o espaço museal em lugar-central da educação para a cidadania, ao longo da vida e de acordo com as livres escolhas dos seus públicos. É pois um dos raros pólos de liberdade no quadro urbano em que nos movemos.

Partindo das premissas anteriores pretende-se que o Simpósio seja um tempo de debate teórico, partilha de experiências, transferência de informação e (porque não?) incubação de inovações para este sector de actividade cultural.

 

ORGANIZAÇÃO

Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal (MAEDS) / Associação de Municípios da Região de Setúbal (AMRS); Fórum Intermuseus do Distrito de Setúbal (FIDS); Divisão de Museus e História Local (Câmara Municipal de Almada); ICOM-Portugal e Associação Portuguesa de Museologia (APOM).

 

Comissão Organizadora: Joaquina Soares, Mário Antas, Luís Pequito e João Neto.

 

Comissão Científica:

Ana Carvalho (Universidade de Évora)
Alice Semedo (Faculdade de Letras da Universidade do Porto)
António Carvalho (Museu Nacional de Arqueologia e UNIARQ)
António Nabais (APOM)
António Camões Gouveia (FCSH da Universidade Nova de Lisboa)
António Martinho Baptista (Museu do Côa Parque)
Carlos Tavares da Silva (MAEDS / AMRS e UNIARQ)
Joana Monteiro (Museu de Lisboa / C.M.Lisboa)
João Neto (APOM / Museu da Farmácia)
Joaquina Soares (MAEDS / AMRS e UNIARQ)
José Alberto Ribeiro (ICOM-Portugal e Museu-Palácio da Ajuda)
Luís Pequito (DMHL / CMA e IHC / CEHFCI da Universidade de Évora)
Luís Raposo (ICOM Europa)
Mário Antas (ICOM-CECA Europa)
Mário Moutinho (Universidade Lusófona)
Rui Parreira (Direcção Regional de Cultura do Algarve)
Vítor Serrão (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa)

 

Comissão Executiva:

Ana Férias (MAEDS / AMRS)
Antónia Coelho-Soares (MAEDS / AMRS)
António Camarão (Espaço Memória / C.M.Barreiro)
Clara Santos (C.M.Moita)
Fátima Afonso (Ecomuseu do Seixal / C.M.Seixal)
Fátima Contramestre (C.M.Montijo)
Fernanda do Vale (C.M.Santiago do Cacém)
Joana Esteves (DMHL / C.M.Almada)
João Ventura (Museu Municipal de Sesimbra/ C.M.Sesimbra)
José Matias (C.M.Santiago do Cacém)
Luís Barros (DMHL / C.M.Almada)
Lurdes Lopes (C.M.Barreiro)
Michelle Santos (Museu Municipal de Palmela/ C.M.Almada)
Miguel Correia (Museu Municipal Alcochete / C.M.Alcochete)
Paula Covas (MAEDS / AMRS)
Susana Duarte (MAEDS / AMRS)
Teresa Rita Pereira (MAEDS / AMRS)

Prémios APOM 2017

Os prémios da Associação Portuguesa de Museologia (APOM) são destinados aos agentes e instituições de museologia portuguesa cujo trabalho se distinguiu no ano transacto.

Estes prémios são atribuídos anualmente pela APOM com o objetivo de incentivar e premiar a imaginação e a criatividade dos museólogos Portugueses, reconhecendo o seu contributo efetivo na melhoria da qualidade dos museus em Portugal, sendo também uma forma de dar visibilidade ao que de melhor se faz no âmbito da museologia no país.

 

 

Ano Novo, Vida Nova

Caros Colegas e Amigos,

Em 2015, a Associação Portuguesa de Museologia comemorou cinco décadas de actividade. Colocando em números grosseiros, porque imprecisos, podemos contabilizar 16 mandatos de atividade contínua, para as profissões dos Museus.

Hoje a APOM conta com cerca de 200 associados, entre sócios individuais e institucionais. O mundo e Portugal, em particular, mudaram muito neste meio século de trabalho. O próprio ativismo é um desafio, enfraquecido por mudanças sociais e económicas.

Acreditamos que a vontade de alimentar uma reflexão e uma prática professional consciente e inovadora se mantém, encontrando, muitas vezes, formas de ação fora da atividade associativa mais convencional.

No entanto, as associações têm um enorme valor como comunidade de pensamento e de ação.Como um forum em que as pessoas se encontram – cara a cara ou por meios digitais; como um canal de informação fidedigna, validada e disseminada pelos pares; como um espaço de celebração através de prémios e outras iniciativas.

O ano de 2017 traz mudanças e riscos na atuação da APOM. Lançou-se este novo website, mais atual e dinâmico, e, também, mais exigente. Optou-se na sua concepção por não criar áreas restritas para sócios, mantendo a filosofia de serviço público – por e para todos. No entanto, qualquer organização privada sem fins lucrativos tem que ser sustentável e os sócios são a fundação essencial.

Outra alteração de monta traduz-se nos Prémios APOM. Optámos por mudar e enriquecer o formato, contribuindo ainda mais para a dignificação da atividade dos profissionais de Museus.

Poderão consultar o regulamento no website e a submissão de candidaturas é feita através de um formulário, passando a ter um valor simbólico, que irá custear as despesas de organização do evento. Associado aos Prémios, estarão uma conferência e o Anuário APOM, uma publicação digital, que pretendemos que seja Anual, com a compilação dos vencedores dos Prémios.

No website encontrará ainda mais informação, relativa a todos os candidatos, organizada como estudos de caso. O conhecimento é uma parte integral de qualquer atividade profissional e cívica e pretendemos, deste modo, alimentar a comunidade de Museus, com ideias e práticas.

Este ano também iremos ter eleições para os Órgãos Sociais, com a inevitável e sempre desejada renovação de voluntários. Não obstante a dificuldade em reunir muitos sócios e interessados numa Assembleia-Geral, deixamos aqui o repto, aproveitando para informar que será associado a um simpático jantar, promovendo o convívio informal entre colegas. A data será anunciada oportunamente.

Votos de 2017 interessante,

Saudações museológicas,

João Neto

Presidente da APOM

Prémios ‘SOS Azulejo 2016’ a atribuir em 2017 – Abertura de candidaturas

 

Estão abertas as candidaturas para a 8ª edição dos ‘PRÉMIOS SOS AZULEJO’, cujo prazo de entrega é

31 de Março 2017 e cujo ‘REGULAMENTO’ pode consultar em anexo e em http://www.sosazulejo.com/?p=2798

As Entidades Parceiras do Projecto ‘SOS Azulejo’ instituíram Prémios de Proteção e Valorização do Património Azulejar português (e/ou de origem/tradição portuguesa) designados ‘Prémios SOS Azulejo’, cuja atribuição é anual. O júri dos Prémios ‘SOS Azulejo’ será, como habitualmente, presidido pelo Professor Doutor Vítor Serrão. Também à semelhança dos anos anteriores, a cerimónia de entrega dos prémios terá lugar no Palácio Fronteira, desta feita a 22 de maio.

 

Os Prémios SOS Azulejo têm por objetivos:

 

  • Reconhecer, valorizar, dar visibilidade e fomentar ações de proteção e valorização do património azulejar português e/ou de origem/tradição portuguesa;

 

  • Contribuir direta e indiretamente para a segurança, a conservação e o restauro certificados, o estudo, o usufruto e a divulgação adequados do património azulejar português e/ou de origem/tradição portuguesa;

 

  • Reforçar e incentivar a ligação e o orgulho das populações e das instituições em território português pelo seu património azulejar e/ou, noutros países, pelo seu património azulejar de origem/tradição portuguesa;

 

  • Encorajar e apoiar projetos, estudos e ações de qualidade que aproveitem, valorizem e dinamizem o potencial do património azulejar português.

 

Os Prémios ‘SOS Azulejo’ dirigem-se a um largo espetro de setores de atividades e destinam-se a galardoar os melhores trabalhos, projetos, estudos, contributos, obras e ações de proteção e valorização do património azulejar português e/ou de origem/tradição portuguesa, a título individual, institucional ou coletivo, que tenham decorrido até ao final de 2016.

Podem concorrer indivíduos e/ou organizações nacionais e estrangeiros.

 

O ‘PROJETO SOS AZULEJO’ www.sosazulejo.com foi iniciado e é coordenado pelo

MUSEU de POLÍCIA JUDICIÁRIA, contando com as seguintes Parcerias:

 

  • Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP);

 

  • Direção Geral do Património Cultural (DGPC);

 

  • Rede de Investigação em Azulejo (RIA), Instituto de História de Arte (IHA) da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL);

 

  • Universidade de Aveiro (UA);

 

  • Instituto Politécnico de Tomar (IPT);

 

  • Guarda Nacional Republicana (GNR);

 

  • Polícia de Segurança Pública (PSP).